JUSTIÇA ELEITORAL INOCENTA PREFEITO DE CAMPO ALEGRE

JUSTIÇA ELEITORAL INOCENTA PREFEITO DE CAMPO ALEGRE

A Justiça Eleitoral em São Bento do Sul julgou improcedente uma ação de investigação judicial eleitoral (AIJE) contra o Prefeito de Campo Alegre, o empresário Rubens Blaszkowski (PSD).

O atual Prefeito obteve a reeleição no último pleito e pouco antes de sua diplomação, ocorrida em dezembro de 2016, o reeleito foi citado da uma ação eleitoral ajuizada pela coligação adversária, formada pelo PMDB e PSDB.

Os derrotados no pleito eleitoral juntaram inúmeras fotos de atos de campanha eleitoral e de munícipes que recebiam a prestação de serviços públicos, sustentando que houve 16 infrações diferentes à norma eleitoral, alegando compra de votos e abuso de poder político, pedindo a cassação do diploma eleitoral e, por medida liminar, pediam a diplomação do candidato derrotado, o ex-prefeito Vilmar Grosskopf (PMDB).

O pedido liminar foi negado, o Prefeito Rubens foi diplomado e iniciou um novo mandato em 01 de janeiro de 2017. Encerrada a instrução processual, o eminente Juiz Eleitoral julgou improcedente a ação. Inconformados, a coligação derrotada recorreu da sentença, levando o caso para o Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Veja também

TCE/SC Muda Decisão sobre ESF de Jaraguá do Sul

A Prefeitura Municipal de Jaraguá do Sul tem 22 equipes da Estratégia Saúde da Família. Os profissionais de saúde que trabalham nestas equipes são servidores efetivos que recebiam gratificação de função para ficarem exclusivos no ESF, sem a percepção de horas extras. O TCE/SC determinou...

Continue lendo...

MPSC CONDENADO POR LITIGÂNCIA DE MÁ-FÉ EM AÇÃO DE IMPROBIDADE

MPSC CONDENADO POR LITIGÂNCIA DE MÁ-FÉ EM AÇÃO DE IMPROBIDADE

A Del Olmo & Advogados Associados, militando em defesa de um ex-ocupante de cargo comissionado municipal, obteve a improcedência da ação de improbidade ajuizada pelo Ministério Público de Santa Catarina e, ainda, a condenação do MPSC ao pagamento de honorários advocatícios e multa por...

Continue lendo...

Acompanhe-nos

Pesquise no Blog

Busque por palavra-chave, por tags, data de publicação ou título.

Youtube

Clique aqui e confira nosso canal

https://youtu.be/TT5ZaPLWgq4

Newsletter

Assine nosso feed e fique por dentro de novos posts e eventos.